Google+ Followers

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Sabe quando você sente que falta alguma coisa? Me falta um pedaço teu, a metade de mim. A metade de mim, que é você. Não consigo seguir minha vida, sem ao menos um segundo sentir sua ausência. Sinto teu cheiro, ouço tua voz, sinto teu abraço, procuro, mas não acho. É em vão. Sinto uma vontade imensa de gritar teu nome, pra todo mundo ouvir, deixar tudo pra trás e ir procurar você. Mesmo tendo esperança de te ter aqui, ao meu lado, é inevitável. Medo, sim, tenho medo…Medo de te perder, mesmo não te tendo. Mas, a imensa falta que você me faz só me dá mais força pra lutar pra conseguir seu abraço e seu beijo, pelo menos UMA vez.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

"Levante a cabeça! Não foi a primeira vez que te jogaram uma pedra, te julgaram mal ou dirão horrores ao seu respeito. Você tem o poder de atrair olhares, formas e pessoas. Passa em um momento e é lembrada logo em seguida; mostra seu sorriso e encanta; olha sem delongas e é olhada por horas.

Dança essa música! Ela foi feita pra você, para seus lábios carnudos e simétricos, para o seu cabelo liso e esvoaçante, para o seu corpo delineado de curvas trabalhadas e para o seu espírito meigo que ferve.

Tira uma folga! Ficar trancada em um escritório de poucos metros quadrados é um crime. Todos precisam ver a tua beleza, a tua alegria e o teu olhar. Passear pela rua vai deixar hipnotizado todos a sua volta, não só porque você é linda, mas porque você é o que todos desejam ter, mas só um pode.

(...)

Mostra quem você é! Não há adjetivo no dicionário que te defina por completo".

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Inexplicável... [LUTO]

Querido Maycon, que você esteja na paz do Senhor Jesus Cristo!
Sempre será lembrado por todos!
Descanse em PAZ.



Mais uma vida jogada fora
Um coração que já não bate mais, descanse em paz
Sonhos que vão embora, antes da hora
Sonhos que ficam pra trás

Pra onde vai você?
Pra onde vai?
Pra onde vai o Sol quando a noite cai?


Por quê um jovem que vivia sorridente perde a sua vida assim tão de repente?
Logo um cara que adorava viver
Realmente é impossível entender
Nenhuma resposta vai ser capaz de trazer de novo a paz à família do rapaz
Nunca mais suas vidas serão como antes
E eles olham o seu retrato na estante
Aquele brilho no olhar e o jeitão de criança
Agora não passam de uma lembrança
E a esperança de que ele esteja bem, seja onde for,
Não diminui o vazio que ele deixou
É insuportável quando chega o seu aniversário
E as suas roupas no armário parecem esperar que ele volte de surpresa
Pra ocupar o seu lugar vazio à mesa
A tristeza às vezes é tão forte
A tristeza às vezes é tão forte que é mais fácil fingir que não houve morte
Porque sempre que ele chega pra matar as saudades
Ele vem com aquela cara de felicidade
Alegrando os sonhos e querendo dizer que a sua alma nunca vai envelhecer
E que sofrer não é a solução
É melhor manter acesa uma chama no coração
E a certeza na mente de que um dia se encontrarão novamente.