Google+ Followers

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Querer!

 
 
Ele era tão especial que, em menos de um mês, eu o quis, o amei, sonhei com ele, o admirei, o desejei,
o odiei, o maldisse, o esqueci e voltei a querê-lo.

Nenhum comentário: