Google+ Followers

sábado, 28 de agosto de 2010

O Começo ou o Fim...

         Não tem saída. Não me resta outro meio. Não há outro caminho à não ser esse: Desistir. É com o coração quase em pedaços que hoje eu percebo que devo desistir. Me dói dizer e ter que aceitar isso. Mas é tudo o que me resta. Tentar esquecer isso tudo e seguir em frente. Colocar um sorriso no rosto e dá tempo ao tempo. Dá tempo a mim mesma para que eu possa me recuperar.
         Olha, eu gosto sim de você. Com todo o meu coração. Acontece que não eu sou tão forte para lutar pelo que eu quero. Eu não sei lidar com essas inconstâncias dentro de mim, que ora dizem que devo tentar, e ora dizem que é melhor deixar pra lá porque não vale a pena. É, infelizmente eu não sou tão determinada assim. Eu sei, dizem que quando a gente quer realmente, a gente vai atrás, dá um jeito. Move céus e terras para conseguir o que quer, passa por cima de tudo sem pensar nas consequências. E é verdade. Mas ninguém sabe que meu defeito é esse, desistir rápido e fácil demais; não ter coragem para driblar as adversidades. E por isso eu sempre renuncio ao que quero. Sempre paro no meio do caminho. Porque eu tenho medo.
        Eu prometi que faria isso. E a minha promessa ainda está de pé. Ah, está sim. Eu só estou esperando o momento certo entende? E talvez ... eu tambem esteja esperando um sinal teu, qualquer sinal que me dê um pouco de esperança. Um sinal que seja capaz de mudar tudo o que eu penso agora: ele não está afim de você, nunca esteve; desiste e segue logo em frente porque ele não vale a pena. Tou em uma briga constante entre a razão e o meu coração. Um lado diz: tenta, você não vai perder nada. E se você não tentar, ai sim você pode perder tudo. E outro lado diz: você só vai sofrer mais e mais se persistir, desiste logo e dá um novo rumo a tua vida. Qual deles ouvir? Díficil. Fácil. Eu vou. EU VOU. Só estou esperando a oportunidade.
        Já que eu não posso fugir, vamos logo em frente. Porque eu sei que por mais que eu desista de tudo agora e tente começar de novo, ainda assim, todo o meu querer e todos os meus pensamentos vão continuar voltados pra você. Pensando no que poderia ter sido. E ... se eu não desistir? Se eu deixar jorrar todas essas palavras e sentimentos? Não sei. Não sei mesmo. Mas talvez seja tudo o que preciso pra de uma vez por todas esquecer você e toda essa história e todo esse sentimento.

Ou pode ser o começo de tudo, ou pode ser finalmente o FIM!

Nenhum comentário: